terça-feira, 5 de outubro de 2010

A IMPLANTAÇÃO DA REPÚBLICA (5 de Outubro de 1910)

A Implantação da República foi iniciada no dia 5 de Outubro de 1910, devido a incapacidade do Rei D. Manuel.
O seu Reino até aos seus dias, tinha estado sob o domínio Monarca.
A melhor das opiniões não era, de certeza, a do povo; que achava que a Monarquia não devia reinar com um Rei para toda a vida.
No Regime da Monarquia o filho mais velho sucedia ao trono e quando esse morria sucedia-lhe o filho mais velho.
Com a Implantação da Republica o Governo já não tinha Rei, mas sim um Presidente, (que tinha sido eleito a votos).
Agora todos queriam um Governo Republicano; (como tinha acontecido nos outros países da Europa).
O primeiro Presidente de Portugal foi Teófilo Braga, mas foi apenas Presidente do “Governo Provisório” até às eleições onde D. Manuel de Arriaga tinha sido Presidente de Portugal. Esse dia foi considerado feriado nacional.

A BANDEIRA NACIONAL

A Bandeira Nacional é dividida em duas partes: verde e vermelha.
A verde significa a esperança dos portugueses no futuro.
A parte vermelha significa o sangue derramado nas guerras por todos os portugueses ao longo dos séculos.
No centro encontra-se a Esfera Armilar que lembra o Rei D. Manuel I, da época dos Descobrimentos.
O Escudo das armas contém os sete Castelos conquistados por D. Afonso Henriques aos Mouros.
No centro, as cinco quinas simbolizam as Chagas de Cristo, mostrando que Portugal é uma Nação Cristã.


JOGA/DESCOBRE APRENDE

(Clica nos Jogos/Actividades) - Diverte-te!


O Hino Nacional de Portugal não era o mesmo à uns anos atrás, mas hoje em dia é “A Portuguesa”. No tempo da Monarquia o Hino Nacional era conhecido como o “Hino da Carta”, também existiu um outro Hino “O Hino Patriótico”.
O nosso Hino Nacional actual foi oficializado depois da Implantação da República (5 de Outubro de 1910) em 1911.
O Hino Nacional (música) foi escrito por Alfredo Keil e a letra por Henrique Lopes de Mendonça.
video